Seu Esgoto

Processos de tratamento

 

Gradeamento
Etapa do tratamento responsável pela retenção dos sólidos grosseiros (latas, garrafas pet, papelão, entre outros) do esgoto bruto, evitando o entupimento e danos em tubulações e bombas.

Caixa de Areia
Etapa do tratamento responsável pela retenção de sólidos finos (areia, cascalho, pedrisco, entre outros) presentes no esgoto bruto, evitando desgaste por abrasão em equipamentos e tubulações.

Elevatória de Esgoto Bruto
Sistema composto por conjunto moto-bomba, responsável pelo bombeamento do esgoto bruto para o início do tratamento biológico nos tanques de aeração.

Tanque de Aeração
Etapa responsável pelo tratamento biológico do esgoto através da degradação da matéria orgânica por bactérias aeróbias. Este processo requer a injeção mecânica de ar para auxiliar o processo de degradação da matéria orgânica.

Decantador Secundário
Etapa do tratamento responsável pela separação física do lodo (composto por sólidos sedimentares e flutuantes do efluente tratado). Parte do lodo retorna para o Tanque de Aeração (lodos ativados) e parte é destinada ao digestor aeróbio de lodo.

Digestor Aeróbio de Lodo
Etapa do tratamento responsável pela digestão aeróbia e inertização do lodo, reduzindo a matéria orgânica e condicionando o lodo para a etapa de desidratação.

Leito de Secagem do Lodo
Etapa do tratamento responsável pelo recebimento do lodo dos digestores aeróbios de lodo, tendo a finalidade de reduzir o teor de umidade com a drenagem e evaporação da água após o período de secagem.

Dúvidas

Perguntas mais frequentes

Veja a lista com todas as dúvidas

Fique Ligado

O que acontece na FOZ AGUAS 5

Veja a lista com todas as notícias